News

Vans abre inscrições pra o Musicians Wanted 2021

A Vans abre as inscrições do “Musicians Wanted” 2021 para talentos aspirantes de todos os gêneros musicais

Projeto que apresenta o artista brasileiro Criolo como embaixador regional proporciona uma plataforma de exposição global, premiação completa e a chance de dividir o palco com YUNGBLUD

Envie sua Música Original Agora em vans.com.br/mw

A Vans, marca original de esportes de ação e ícone global da expressão criativa, orgulhosamente abre as inscrições para o aclamado projeto que celebra o seu principal propósito de possibilitar a expressão criativa, o Vans Musicians Wanted 2021. Realizado globalmente pela primeira vez em 2020 como um concurso online com o objetivo de criar experiências acessíveis e otimizadas para o universo digital, o Vans Musicians Wanted é o programa musical da marca desenvolvido especialmente para talentos novos e “Off The Wall” de todos os gêneros, oferecendo uma plataforma de exposição para que artistas compartilhem suas músicas com todo o mundo.

Para 2021, as regiões participantes proporcionarão aos artistas a oportunidade de conquistarem visibilidade internacional e uma chance de dividir o palco com o jovem, mas repleto de personalidade, roqueiro britânico, YUNGBLUD. Os prêmios também incluem produtos Vans, equipamentos Kramer, um pacote premium da TuneCore, distribuição global das músicas, playlist no Spotify e muito mais!

Durante a sua realização global inaugural em 2020, o Vans Musicians Wanted recebeu mais de 22.000 inscrições de inúmeros gêneros musicais de artistas de todo o mundo. Com base nesse sucesso épico, a Vans e a plataforma mantém o compromisso de apoiar a diversidade da criatividade através de um dos principais pilares da marca, a música, convidando fãs de todos os lugares a participarem do projeto através da conexão digital e séries de concursos virtuais em escala global. Por meio da página oficial do programa, artistas de todo o planeta apresentarão suas músicas originais com um público amplo. Os ganhadores do ano passado incluíram: JoeJas, do Reino Unido; Lucia Tacchetti, da Argentina e numnum, da Coreia do Sul.

Municipios já começam a se movimentar para aplicar a lei Aldir Blanc. Entenda

Escritor e compositor Aldir Blanc morre aos 73 anos, vítima de ...
Aldir Blanc, compositor morto este ano, teve a lei batizada em sua homenagem

Nesta segunda feira (29) foi sancionada a lei conhecida como Aldir Blanc, que prevê diversos incentivos ao mercado cultural durante a pandemia e injeta R$ 3 bilhões no setor, recursos que estão administrados por estados e municípios.

Após receber os recursos que estão sendo tratados como emergenciais, os estados e municípios terão 60 dias para aplicá-lo em três frentes:

  • Auxílio de R$ 600,00 (não cumulativo com o já existente) para artistas e trabalhadores de toda a cadeia cultural, incluindo técnicos, seguranças, limpeza, etc, formalizados ou não.
  • Auxílio de R$ 3.000,00 a R$ 10.000,00 para espaços culturais, coletivos, produtoras e escolas de arte, com ou sem fins lucrativos.
  • Destinação de pelo menos 20% dos recursos recebidos para abertura de editais.

Cada município ficará responsável por gerenciar os cadastros de profissionais, pagamentos e criação de editais para seus residentes.

Procure sua Secretaria de Cultura e oriente toda a sua equipe para se informar sobre o cadastramento. A previsão de liberação de recursos pelo governo federal para os municípios é de 15 a 30 dias.

Autoramas se junta a time de artistas em solidariedade às suas equipes

Foto de Felipe Diniz
Érika Martins e Gabriel Thomaz, dos Autoramas

Texto de Jota Wagner para publicação original em Musicnonstop

“Essa live é para apoiar nossa equipe”, disse Milton Nascimento antes de começar a emocionar geral com sua apresentação realizada através do Youtube para milhares de fãs no último domingo, 28 de junho.

A iniciativa, mais um tijolo na muralha de solidariedade que tem se insurgido durante a enjoativa pandemia que estamos enfrentando, visa dar aquele suporte ao pessoal que envolve os shows e que não sobem ao palco: produtores, roadies, técnicos de som e luz e mais uma turma enorme de profissionais imprescindíveis ao mundo dos espetáculos. 

Ainda que de forma bastante difícil, artistas (os que já tem uma base de fãs formada) têm conseguido dar seus pulos através de adiantamentos de direitos autorais, editais ou uma livezinha com cachês aqui ou ali. Já o pessoal do backstage está completamente desamparado e justamente por isso é importantíssimo que quem tem a exposição dedique parte da sua energia a dar suporte a este grande time.

Bituca representou em sua última live, divulgando links para doações.

A banda Autoramas, um dos maiores ícones do rock independente brasileiro em plena atividade, une-se aos artistas atentos à sua equipe e realiza hoje uma live com este mesmo propósito.

Liderada pelo casal Érika Martins e Gabriel Thomaz, a banda tem se mostrado bastante ativa no mundo virtual desde que o isolamento foi imposto, com lives e “festinhas”, como eles classificam, rolando mais do que semanalmente. “Estão todos parados, afinal não estamos fazendo shows, queremos ajudar esse pessoal que a gente ama tanto. Não somos nada sem eles”, conta Érika. O evento rola na página de Facebook do Autoramas nesta quarta feira, 30, às 17 horas. 

As lives para apoiar as equipes, que bom, estão cada vez mais presentes no mundo virtual. Artistas como Tulipa RuizZé Geraldo, Tereza Cristina, Sepultura e João Gordo já realizaram eventos com o mesmo fim. Além disso, grupos também estão se organizando e angariando fundos para estes profissionais, como é o caso dos projetos de sucesso Backstage Invisível , apoiado pelo Gilberto Gil em sua live de aniversário e Rolê do Bem (que você teve a oportunidade de conhecer e ajudar na edição do Todo Mundo é DJ com Gui Boratto) encabeçado por Fabio Roman, Zezito Raiol, Roque Castro, Fernando Sapuppo, Alexandre Mesquita e Cyntia Esb, além do suporte intenso de DJs, casas noturnas e marcas envolvidas com a cena festeira paulistana.

Existem várias outras campanhas, organizações e artistas presentes neste movimento. Preste atenção nestas lives, acompanhe, divulgue e, se possível, contribua!

Live Autoramas – Quarta – 01.07 – às 19h.

Todo Mundo é DJ

Rolê do Bem

Backstage Invisível

Banda Pássaro Vivo dribla quarentena em novo videoclipe

Banda Pássaro Vivo dribla quarentena em novo single e videoclipe.

A Agência 55 tem lhe dado os toques. Quarentena não deve (nem pode) fazer com que seu projeto artístico pare.

Mais do que nunca, é hora de criar, de usar este surreal momento que estamos vivendo para colocar para fora toda estes sentimentos que estão sendo compartilhados pelo mundo tudo.

Em poucos momentos anteriores da história tanta gente esteve sentindo a mesma coisa ao mesmo tempo. E isso significa muito. Todo ser humano precisa ouvir uma letra que o faz sentir “não estou sozinho neste mundo”.

A banda Pássaro Vivo lançou esta semana single e videoclipe de Apartá, gravado durante a quarentena, juntando um monte de dançarinos em confinamento em um resultado que ficou muito bacana.

Confira o trabalho do Pássaro Vivo aqui.

Aplicativo Sound Club Live permite shows com remuneração para artistas e casas de shows!

bitbeat
Bit Beat

Uma nova plataforma, a Sound Club Live, lançada neste período da pandemia, permite com que artistas façam eventos exclusivos para seu público com diferentes opções de cobrança de ingresso.

Alem disso, permite também que casas noturnas, atualmente paradas por por conta do Covid19, montem programações de shows como na época em que estavam funcionando. Neste caso Casa e Artista participam da bilheteria arrecadada.

Para a ideia ficar atraente, artistas tem de apresentar conteúdos exclusivos para a plataforma e os shows não são replicados nas redes sociais. Tudo fica com cara de festinha! Muito legal.

Quem nos mostrou a novidade foi a ótima banda Bit Beat, de Sorocaba, que se apresenta nesta sexta feira, dia 15 de maio (20h) a convite da casa carioca Pub Punquss.

Aproveite esta sexta feira para curtir o show e conhecer a plataforma. Chame os amigos.

A Agência 55 está de olho em novas ideias e alternativas para que músicos sobrevivam a esta pandemia do Covid-19. Fique de olho.

Por Jota Wagner